Quatro coisas que todo DBA precisa saber

O DBA (Database Administrator), profissional responsável por administrar o banco de dados de uma companhia, tem papel fundamental dentro da empresa. Dentre suas missões, estão a mensuração de infraestrutura necessária para o banco de dados, implementação e gerenciamento das informações contidas nele, solução de eventuais problemas e monitoramento de desempenho.

Apesar de aparentemente técnicas, tais atribuições representam muito para a gestão do negócio como um todo. Por isso, é fundamental que este profissional esteja atento a questões que possam garantir ainda mais desempenho e performance para sua empresa, extraindo o máximo que sua infraestrutura pode fornecer Luiz Ernica, Suporte Técnico Sênior da TmaxSoft do Brasil, dá quatro dicas importantes:

1. Menos pode significar mais

Opte por um banco de dados que execute requisições do usuário de forma mais eficiente e linear por meio de uma solução com arquiteturas multi-process e multi-thread. Isso permite que o servidor possa ser utilizado de maneira mais eficaz e que recursos de hardware sejam melhor alocados.

2. Clusterização com disco compartilhado aumenta a disponibilidade

Bons bancos de dados oferecem tecnologia de alta disponibilidade por meio de operações trabalhadas em cluster para atender necessidades como load balancing e failover, mantendo o acesso aos dados sempre disponíveis e de forma mais eficiente.

3. Fuja de licenciamentos que obriguem a ter funcionalidades não aderentes à realidade da empresa

Um dos fatores mais importantes hoje em dia para empresas que estão em crescimento é o custo em investimento para suportar a operação. Algumas soluções permitem a compra personalizada de funcionalidades exclusivas de versões superiores que se encaixam às demandas da empresa. Isso exclui a necessidade de migrar o modelo de licença para uma edição mais elevada, o que normalmente eleva o custo substancialmente.

4. Desmistifique a migração

Conhecida por ser trabalhosa, a migração de sistemas de bancos de dados pode ser um processo demorado se não realizado com uma solução adequada, levando muito tempo para ser concluída, além de envolver custos e equipe dedicada a essa tarefa. Lançar mão de um banco de dados que disponibilize uma ferramenta automática de migração de dados heterogêneos simplifica o processo, garantindo eficiência para o dia a dia da empresa, além de reduzir consideravelmente o tempo de transferência de informações,

Sobre a TmaxSoft

​Fundada em 1997, a TmaxSoft é uma multinacional coreana provedora de software empresarial. Líder em seu segmento na Coreia do Sul, a empresa já implantou com sucesso mais de três mil projetos em mais de 2.630 clientes, nos segmentos de telecomunicações, finanças, manufaturas e setor público. Com sede em Bundang, Coreia do Sul, a empresa está presente em mais dez países: Cingapura, China, Estados Unidos, Japão, Reino Unido, Rússia, Canada, Índia, Turquia, Austrália e Brasil, onde chegou em 2014. Seus principais produtos incluem o Tibero (RDBMS) e ZetaData – solução de gerenciamento de banco de dados e Big Data, JEUS® – servidor de aplicação web, WebtoB® – servidor web, OpenFrame® – solução de re-hosting de mainframe e Sysmaster® – gerenciamento de performance de aplicacões.

Para mais informações, acesse: http://br.tmaxsoft.com/main.do

Fonte: RMA Comunicação

Liberação do Uber pelo TJ-SP é coerente e vai de encontro à uma realidade repleta de novidades

Sócio do Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados diz que impedir a atividade seria um retrocesso para o País

“Enquanto não há regulamentação específica para lidar com novas tecnologias e aplicativos, que estimulam a concorrência e beneficiam a sociedade, serviços como o oferecido pelo Uber não podem ser vedados, pois isso implicaria em um retrocesso para o País, colocando em risco a economia digital”. A afirmação é do advogado Rony Vainzof, sócio do Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados, ao ser questionado sobre a decisão da 5ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo, que concedeu liminar na qual permitia que os motoristas do Uber podem continuar trabalhando normalmente em São Paulo, já que a Prefeitura não tem o direito de restringir a atividade desse profissionais.

Segundo o advogado, a decisão do TJ paulista é coerente, pois do contrário prejudicaria o Brasil no sentido de receber novos produtos e serviços. “O direito sempre vem a reboque dos usos e costumes da sociedade. A regulamentação vem depois de se conhecer uma determinada atividade e entender se ela precisa ou não ser regulada e, principalmente, qual a melhor forma de regulamentação”, diz.

Para saber mais sobre as consequências de casos como esse e o entendimento da justiça neste sentido, os especialistas do Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados, estão à disposição para entrevistas.

Fonte: AZ | Brasil Assessoria & Comunicação

Gartner estima que vendas globais de tecnologias para vestir atingirão US$ 28,7 bilhões em 2016

O Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia, estima que as vendas mundiais de tecnologias para vestir deverão atingir US$ 28,7 bilhões em 2016, chegando a 274,6 milhões de unidades, um aumento de 18,4% em comparação com as 232 milhões de unidades vendidas em 2015. Desse total, US$ 11,5 bilhões serão de smartwatches.
“De 2015 até 2017, a utilização de smartwatches crescerá 48%, em grande parte devido às iniciativas da Apple de popularizar tecnologias para vestir como um estilo de vida. Os smartwatches terão o maior potencial de receita entre todas as tecnologias para vestir até 2019, chegando a US$ 17,5 bilhões. Embora as vendas de smartwatches sejam uma das mais fortes no segmento, sua adoção deve permanecer muito abaixo das vendas de smartphones. Em 2016, mais de 374 milhões de smartphones serão vendidos em mercados maduros e áreas urbanas de mercados emergentes, como Hong Kong e Singapura”, afirma Angela McIntyre, Diretora de Pesquisas do Gartner.
Tecnologias para vestir fitness, como pulseiras, roupas inteligentes, relógios esportivos e outros itens, continuam aumentando a popularidade, impulsionadas em grande parte por programas de bem-estar dos Estados Unidos.
“Entre todas as tecnologias para vestir fitness, os relógios esportivos manterão sua média de preço de varejo ao longo dos próximos anos. Atletas, ciclistas e mergulhadores deverão escolher relógios esportivos em vez de smartwatches, pois a interface de usuário, as capacidades e durabilidade são adaptadas às necessidades deles. Os avanços contínuos em sensores e sistemas de análise para relógios esportivos trarão novos recursos que sustentarão a média de preços do varejo”, diz a analista do Gartner.
Embora o tamanho do mercado mundial de pulseiras inteligentes tenha se igualado às vendas unitárias de smartwatches em 2015, no futuro, os smartwatches serão mais procurados pelos consumidores, pois existe um número maior de dispositivos multifuncionais que podem fazer o acompanhamento de exercícios. Os fornecedores de pulseiras estão buscando uma forma de competir com os smartwatches e conquistar parte do mercado que hoje é liderado pela Fitbit. Exemplos de outras propostas de valor emergente para pulseiras incluem, além de fitness, pagamentos, acesso, segurança, saúde e bem-estar.
Os Capacetes de Realidade Virtual (HMDs) representam um mercado emergente, tendo suas origens em projetos militares dispendiosos. Em 2016, o mercado de HMDs avançará para a adoção destes dispositivos por consumidores e para o uso corporativo. “Espera-se que novos HMDs de realidade virtual para os consumidores, tais como o HTC Vive, Oculus Rift, Sony PlayStation VR e Microsoft HoloLens, sejam disponibilizados juntamente com jogos de videogame, com conteúdos de entretenimento e aplicações críticas de negócios. Produtores de filmes e ligas esportivas aumentarão seu conteúdo tradicional com o uso dos HMDs, melhorando as experiências dos clientes por meio da criação de atrações, filmes e esportes interativos, que tornarão o conteúdo mais pessoal e significativo”, afirma Brian Blau, Diretor de Pesquisas do Gartner.
O uso corporativo de HMDs também crescerá nos próximos anos, com 26% dos HMDs sendo projetados diretamente para uso comercial em 2018. Os HMDs serão comprados por empresas para serem usados por seus funcionários em tarefas como reparo de equipamentos, inspeções e manutenção. Os trabalhadores também usarão HMDs para manterem as mãos desocupadas enquanto realizam tarefas.

Sobre o Gartner
O Gartner, Inc. (NYSE: IT) é líder mundial no fornecimento de pesquisas e aconselhamento na área de tecnologia da informação. Fornece análises de TI para seus clientes fazerem as escolhas certas todos os dias. De CIOs e diretores de TI em corporações e agências governamentais a líderes em empresas de alta tecnologia e telecomunicações, passando por investidores deste mercado, o Gartner é parceiro indispensável para cerca de 10.000 diferentes companhias. Por meio do Gartner Research, Gartner Executive Programs, Gartner Consulting e Gartner Events, trabalha com cada cliente para pesquisar, analisar e interpretar o negócio de TI dentro do contexto de seu papel individual. Fundado em 1979, o Gartner tem sede em Stamford (Connecticut – EUA) e possui mais de 7.600 associados, sendo mais de 1.100 analistas de pesquisa e consultores, e clientes em 90 países. No Brasil, o Gartner está presente com as unidades Gartner Research, que oferece pesquisas e aconselhamento para profissionais, fornecedores e investidores de TI; Executive Programs, com grupo de CIOs alimentado pelo conteúdo Gartner com cerca de 3 mil membros em todo o mundo; e Eventos, com conferências e Symposium. Para obter mais informações, visite www.gartner.com.

Fonte: PLANIN

Sete dicas da Kaspersky Lab para proteger sua conta do Instagram

O Instagram, rede social de fotos e vídeos de propriedade do Facebook, tem apenas cinco anos de existência e mais de 400 milhões de usuários ativos por mês. Em média, são compartilhadas diariamente 80 milhões de fotos, que geram mais de 3.500 milhões de curtidas. Sua utilização simples e a possibilidade de se expressar por meio imagens ou vídeos levaram milhões de pessoas ao redor do mundo a criar uma conta na rede social. Mas alguém já parou para avaliar quais informações estão sendo compartilhadas? É importante que o usuário tenha consciência de que seu conteúdo estará exposto a milhões de curiosos e que pessoas desconhecidas poderão acessar seu perfil.

A grande popularidade do Instagram fez com que os especialistas da Kaspersky Lab refletissem sobre como a rede é utilizada e a quantidade e tipo de conteúdo que é compartilhado.

Ao criar a conta, a maioria dos usuários seleciona as opções e aceita termos e condições sem lê-los, ignorando as configurações de privacidade das fotos que serão compartilhadas. Por este motivo, a Kaspersky Lab desenvolveu sete dicas para aproveitar melhor a rede social e compartilhar o conteúdo com segurança.

1. Senha: é fundamental definir uma senha forte logo no momento que criamos a conta. Escolha uma senha única, que inclua letras, números e símbolos. Isso evita que cibercriminosos a descubram facilmente. Tenha em mente que, quando um golpista descobre ou rouba uma senha, ele testará a sequência nos principais serviços online – por isso a importância dela ser singular.

2. Privacidade: esta dica depende de quanto o usuário deseja expor suas informações na rede social. Para aqueles que desejam preservar sua privacidade e compartilhar o conteúdo somente com pessoas conhecidas, vá em “opções” e selecione “Conta privada” para evitar que estranhos possam bisbilhotar suas imagens. Ativar essa função é algo especialmente importante, por exemplo, para pais que gostam de compartilhar fotos de seus filhos com amigos e familiares. A opção pública é recomendada somente quando necessário ou se o usuário representa uma empresa ou instituição.

3. Saiba o que compartilhar: da mesma forma que em outras redes sociais, existem provedores e ferramentas que são inseridas na API do Instagram para facilitar, por exemplo, o compartilhamento de imagens ou a participação em concursos. Pare por um momento e se pergunte se esses aplicativos realmente precisam ter acesso as suas informações pessoais. Se não saber a resposta, entre nas configurações do Instagram e verifique com quais aplicativos a sessão foi iniciada, pois eles podem tornar sua conta mais vulnerável.

4. Cuidado com os robos: se você é do sexo masculino, mesmo com uma conta privada, talvez receba solicitações de mulheres muito bonitas a procura de um namorado ou que tenham muito dinheiro. Esses perfis são chamados de fembots, ou mulheres-robôs! Não são pessoas reais; portanto, não mande mensagens, nem clique nos links que “elas” enviarem.

5. Invasão de contas: esse é um tema muito popular, com mais de 1,3 milhão [RR1] de resultados no Google. Caso sua conta seja comprometida, tente acessá-la para alterar a senha e suas configurações. Se não for possível, visite a “Central de ajuda” para redefinir a senha e denunciar contas de spam, entre outras coisas.

6. Configure a aprovação para marcar seu perfil nas fotos: quando alguém marca você em uma foto do Instagram, ela aparece automaticamente em seu perfil. Para alterar isso, acesse as configurações, clique em “Opções” e selecione “Adicionar manualmente”. Assim, você será notificado quando alguém te marcar e poderá controlar as fotos que aparecem no seu perfil.

7. Exclua as fotos de seu mapa de fotos: todas as fotos que você compartilha no Instagram são marcadas com o local em que você estava no momento da postagem. Essa informação é tão precisa que pode incluir até mesmo o nome da rua e revelar o endereço da sua residência, trabalho e locais que o usuário frequenta. Para excluir as informações de localização das fotos, acesse o perfil e clique no ícone de localização. Será exibido um mapa que mostra as fotos agrupadas por local. É preciso selecionar cada foto ou grupo de imagens para excluir a localização. Quando selecionados, o Instagram solicitará sua confirmação e apagará definitivamente os dados de geolocalização das imagens.

Para obter mais informações sobre medidas de segurança, siga o blog da Kaspersky Lab: https://blog.kaspersky.com.br/tag/tips/.

Sobre a Kaspersky Lab

A Kaspersky Lab é umas das empresas de segurança digital com crescimento mais rápido no mundo e a maior de propriedade privada. A empresa está classificada entre as quatro melhores do mundo como provedora de soluções de segurança para TI (IDC, 2014). Desde 1997, a Kaspersky Lab inova em cibersegurança e oferece soluções eficazes de segurança digital e inteligência contra ameaças para grandes corporações, pequenas e médias empresas e público em geral. A Kaspersky Lab é uma empresa internacional que opera em cerca de 200 países e territórios em todo o mundo, com mais de 400 milhões de usuários protegidos por suas tecnologias mundialmente. Saiba mais em http://brazil.kaspersky.com
Copyright © 2014 JeffreyGroup Brasil, All rights reserved.

JeffreyGroup Brasil

Pato Branco terá a primeira secretaria do município 100% integrada ao sistema BI

Além de ajudar o gestor público na tomada de decisão, o Business Intelligence vai permitir disponibilidade de mais informações à população. Tudo vai ser mostrado no II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste do Paraná

Pato Branco, no Sudoeste do Paraná, que já é reconhecidamente um dos mais fortes e importantes polos tecnológicos do Estado, inova mais uma vez: a Prefeitura está prestes a concluir a primeira secretaria do município que fornece 100% das informações por meio do sistema BI (Business Intelligence).

O termo ainda é recente para o ambiente do poder público no geral, mas retrata, em forma de dados e gráficos, o desejo de muitos gestores inovadores que investem em tecnologia e na implantação das cidades digitais: visualizar na tela do computador, a um clique, informações detalhadas para a tomada de decisão.

Tão inovadora quanto à proposta, é a intenção do município, com seus 80 mil habitantes, em disponibilizar esses resultados à população, no portal da Prefeitura e em um painel na principal praça e já conectada com wi-fi livre da cidade.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Geri Dutra, explica que 90% do sistema na Saúde está concluído e já fornece informações em tempo real, dando o panorama geral da pasta. As próximas secretarias a integrarem o conceito em seus sistemas devem ser Agricultura e Ação Social.

“Além de conseguir perceber distorções e já verificá-las, se consegue ter todo esse processo na mão do gestor”, observa ele, acrescentando que o município finaliza a compra de um primeiro totem para disponibilizar as informações, por meio do BI, para acompanhamento da população.

Com as informações através do BI, explica ele, é possível acompanhar o trabalho de cada departamento, desde atendimentos, valores, reclamações, chamados, entre outros. O sistema representa que Pato Branco está cada vez mais avançando na implantação de “inteligência” na gestão pública, o que só é possível desde que haja infraestrutura de redes, boa conexão de internet e, claro, vontade política para se fazer coisas que revertam em melhoria da gestão pública e maior interação entre o poder público e a sociedade. “Os próprios servidores percebem que o trabalho ficou muito melhor. E trata-se de um trabalho muito importante para o planejamento e realização de ações futuras”.

Neste sentido, o Município investiu no uso de fibra óptica e atualmente os 130 pontos da administração são interligados.

O secretário destaca ainda que uma série de linhas trabalhadas, aliadas à infraestrutura da cidade, é o que fez Pato Branco despontar e pensar em ações com foco na cidade inteligente. Aliás, a evolução é dinâmica e constante. Câmeras de vídeo monitoramento, prontuário eletrônico e agendamento de consultas online são algumas das iniciativas digitais implantadas em Pato Branco.

Além disso, as disciplinas de robóticas, o uso dos tablets nas escolas e parcerias com universidades para qualificação profissional da comunidade são outros exemplos que demonstram como uma cidade inovadora pensa no desenvolvimento com tecnologia.

Pioneiro – O DNA inovador da localidade já despontava no início da década de 80 com a realização de um primeiro curso de processamento de dados. Desde então, o crescimento no setor tecnológico não parou e atualmente concentra grandes empresas, incubadoras e está organizada, por meio de entidades, com um conselho municipal de tecnologia, além de estar inaugurando a base do parque tecnológico. Em 2013, Pato Branco criou a primeira Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Paraná.

Desde então vem promovendo grandes eventos voltados para o público ligado à tecnologia. Destaque para a feira Inventum que reuniu cerca de 60 mil visitantes em novembro de 2015. Em 2017, Pato Branco articula a realização da Campus Party no município.

Cidades Digitais – Não à toa, Pato Branco sediará em 25 de fevereiro o II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste, evento que tem por objetivo fomentar o crescimento dos municípios da região através de investimentos nas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). O evento é organizado pela Prefeitura Municipal em parceria com a Rede Cidade Digital e a Associação dos Municípios do Sudoeste (Amsop), e apoiada ainda por entidades como Acampar, Acamsop e Agência de Desenvolvimento do Sudoeste. Conta com o patrocínio prata da Ampernet Telecom e bronze da Huner TI Colaborativa.

As inscrições são gratuitas para servidores públicos e devem ser feitas pelo http://forum.redecidadedigital.com.br

Rede Cidade Digital

Gartner afirma que serviços mundiais de Nuvem Pública devem atingir US$ 204 bilhões em 2016

O Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia, anuncia que o mercado mundial de serviços de Nuvem Pública deve atingir US$ 204 bilhões em 2016, um crescimento de 16,5% em relação a 2015, quando registrou US$ 175 bilhões. O maior crescimento virá dos serviços de infraestrutura de sistemas em Nuvem (Infraestrutura como um Serviço (IaaS), que deve crescer 38,4% em 2016. A propaganda em Nuvem, o maior segmento do mercado mundial de serviços, deve registrar um crescimento de 13,6%, alcançando US$ 90,3 bilhões.
“Os serviços de Nuvem Pública continuam apresentando elevadas taxas de crescimento em todos os mercados e o Gartner espera que isso continue até 2017. Este forte crescimento continua se refletindo na mudança do legado dos serviços de TI para serviços baseados em Nuvem, devido à tendência de crescimento de empresas que buscam uma estratégia digital de negócios”, afirma Sid Nag, Diretor de Pesquisas do Gartner.
O segmento de IaaS continuará com crescimento acelerado em 2016, prevendo alcançar US$ 22,4 bilhões de dólares. “O IaaS continuará sendo um segmento de forte crescimento enquanto as empresas deixarem os centros de dados pagos e migrarem suas necessidades de infraestrutura para a Nuvem pública. Alguns líderes de mercado têm obtido vantagens significativas neste segmento, então fornecedores devem criar mecanismos de diferenciação para terem sucesso”, diz o analista do Gartner.
Os Serviços de aplicativos em Nuvem (SaaS) devem registrar um crescimento de 20,3% em 2016, alcançando US$ 37,7 bilhões. Como fornecedores de software mudaram seus modelos de negócio de software locais licenciados para ofertas baseadas em Nuvem pública, esta tendência continuará. Além disso, a entrada de alguns dos maiores fornecedores de software para a Nuvem Pública em 2015 impulsionará o crescimento do mercado SaaS.

Sobre o Gartner
O Gartner, Inc. (NYSE: IT) é líder mundial no fornecimento de pesquisas e aconselhamento na área de tecnologia da informação. Fornece análises de TI para seus clientes fazerem as escolhas certas todos os dias. De CIOs e diretores de TI em corporações e agências governamentais a líderes em empresas de alta tecnologia e telecomunicações, passando por investidores deste mercado, o Gartner é parceiro indispensável para cerca de 10.000 diferentes companhias. Por meio do Gartner Research, Gartner Executive Programs, Gartner Consulting e Gartner Events, trabalha com cada cliente para pesquisar, analisar e interpretar o negócio de TI dentro do contexto de seu papel individual. Fundado em 1979, o Gartner tem sede em Stamford (Connecticut – EUA) e possui mais de 7.600 associados, sendo mais de 1.100 analistas de pesquisa e consultores, e clientes em 90 países. No Brasil, o Gartner está presente com as unidades Gartner Research, que oferece pesquisas e aconselhamento para profissionais, fornecedores e investidores de TI; Executive Programs, com grupo de CIOs alimentado pelo conteúdo Gartner com cerca de 3 mil membros em todo o mundo; e Eventos, com conferências e Symposium. Para obter mais informações, visite www.gartner.com.

PLANIN – Assessoria de Imprensa do Gartner

Sony amplia linha de câmeras de vídeo XDCAM 422 HD

Novo modelo PXW-X400 aprimora as funções de rede e melhora o equilíbrio do peso

sony

A Sony anuncia a mais nova camcorder de ombro da série PXW, o modelo PXW-X400. Esta novidade apresenta inovação nos recursos de rede e sem fio, no equilíbrio de peso, na gravação XAVC 60P*, além de uma entrada ‘pool feed’. Desta forma, os profissionais de produção de campo e jornalismo terão uma ferramenta versátil e de alto desempenho.

“Esta nova camcorder combina todos os recursos que os profissionais de vídeo precisam: conectividade, ergonomia e alto desempenho em um único equipamento” explica Paula Cruz, Gerente de Produto de Marketing. “Essas características, como gravação XAVC 60P e função pool feed fazem deste novo modelo PXW-X400 uma opção perfeita para necessidades de criação de conteúdo de em campo”.

A nova interface de Ethernet (conector RJ45) permite a conexão direta a uma rede quando conexão sem fio (LAN) é instável ou não está disponível para transferência de arquivos, streaming ao vivo e controle via navegador da web. Um recurso de comunicação de campo próximo (NFC) proporciona aos usuários um link de um toque entre a câmera e um dispositivo móvel. O aplicativo Content Browser Mobile permite aos usuários visualização de conteúdo gravado ou controle remoto de diversas funções do menu.

A entrada pool feed (HD/SD-SDI) permite gravar um sinal externo HD-SDI (1,5Gbps) no cartão SxS, uma função útil para gravar um sinal distribuído de outra câmera no local sem uso de deck portátil.

Reprojetando a estrutura interna do corpo de camcorder, a Sony também melhorou drasticamente o balanceamento de peso e equilíbrio, além da manipulação de recursos em comparação com os modelos anteriores. Com a combinação da recém introduzida lente manual e do corpo bem equilibrado, permite resolver qualquer problema de peso frontal e reduz a carga sobre a mão direita.

O “botão ONLINE” da camcorder permite que os usuários ignorem um dispositivo móvel ou o menu da mesma para ligar/desligar o controle sobre: streaming ao vivo de sinais de AV da PXW-X400 para destinos previamente definidos, auto-upload de arquivos de proxy para serviços de cloud e servidores de FTP, além de habilitar/desabilitar o controle sobre servidores PWS-100RX1 da Sony enquanto gravam.

A camcorder tem baixo consumo de potência (22W), utiliza 3 sensores CMOS de 2/3 de polegada e suporta vários formatos HD e SD, incluindo XAVC. As opções de lentes incluem uma lente manual de 20x (modelo PXW-X400KC) e uma lente de 16x com foco automático**(Modelo PXW-X400KF). O modelo PXW-X400 é somente corpo sem lente ou viewfinder. A nova camcorder também suporta a nova série de viewfinder Full HD OLED da marca (modelo HDVF-EL20/EL30).

*gravação 60P será aceita apenas no formato XAVC-Long.
**Capacidade de auto foco estará disponível em maio de 2016.

Sobre a Sony Brasil

Presente no Brasil há mais de 40 anos, a Sony é a única empresa que oferece entretenimento completo ao consumidor. Dentro do conceito One Sony, a companhia produz desde conteúdo a equipamentos, reunindo produtos de qualidade, recursos inovadores e serviços exclusivos.

A companhia mantém dois escritórios no Brasil (São Paulo e Rio de Janeiro) e fábrica na Zona Franca de Manaus, além de diversas lojas físicas Sony Center nas cidades de São Paulo, Salvador, Recife e Curitiba.

A empresa estrutura-se em duas áreas: Consumidor e Profissional. A primeira, voltada para o consumidor final, fabrica e comercializa toda a linha de áudio e vídeo. Já a área Profissional está dividida entre os departamentos de B2B e de Broadcast.

JeffreyGroup Brasil

Samsung apresenta Novo Galaxy A no Brasil

A Samsung Electronics, líder global em tecnologia, apresenta hoje no Brasil os novos Galaxy A7 e A5 . Com a junção perfeita entre metal e vidro, as linhas sofisticadas e o design fino(7,25mm) trazem na essência a última tendência de sofisticação e design, ressaltando a leveza nos traços e o aumento da usabilidade, presente nas telas de 5.5” (A7) e 5.2” (A5).

Desenvolvidos para oferecer aos consumidores a melhor experiência em smartphones, os novos Galaxy A aliam performance a um estilo moderno. Os aparelhos estão ainda mais exclusivos, pela primeira vez a Samsung apresenta versões na cor rosê, além das já consagradas cores dourada e preta, chegando ao mercado como sinônimo de elegância.

“Nosso objetivo com o lançamento do Novo Galaxy A é oferecer sempre as melhores opções para os consumidores e proporcionar uma convergência perfeita de estilo e desempenho para o dia a dia. A Samsung está comprometida com a inovação contínua, inspirada pelo feedback e necessidades dos consumidores”, afirma Roberto Soboll, Diretor Sênior de produtos da divisão de dispositivos móveis da Samsung Brasil.

Além da inspiração fashionista, os exemplares do Novo Galaxy A trazem performance tecnológica de ponta, com processadores com oito núcleos que garantem rápido desempenho. O conforto proporcionado pelas amplas telas vem aliado à segurança, presente no leitor de impressão digital. Destaque para o Gerenciamento Inteligente, que permite controlar de forma rápida o nível da bateria, a capacidade de armazenamento, o uso da memória RAM e a segurança do smartphone, dando mais autonomia e conveniência ao usuário.
As câmeras frontal de 5MP e traseira de 13MP garantem imagens ainda mais claras e brilhantes, até mesmo em ambientes com pouca luz, graças a maior abertura das lentes, perfeito para eternizar momentos inesquecíveis. Com os novos Galaxy A7 e A5 é possível inovar nas selfies, registrando imagens panorâmicas, para enquadrar todos os amigos com facilidade, ou ainda ativar o recurso para retirar imperfeições do rosto das pessoas (Embelezar o Rosto), de forma automática.

O sistema de Estabilização Óptica de Imagem (OIS) evita que as fotos saiam tremidas e o Quick Launch – clique duplo no botão home – abre a câmera em menos de um segundo, para que o consumidor registre todos os momentos importantes. Além disso, são compatíveis com o smartwatch da Samsung, Gear S2.

Os novos A7 e A5 também são compatíveis com o Samsung Pay, o sistema de pagamento simples e seguro que permite aos usuários realizar transações com cartão de crédito e débito por meio do smartphone.
O Novo Galaxy A já está disponível para venda em todo o Brasil com preço sugerido de R$2.499,00 para o A7 e R$ 2.199,00 para o A5.
Para mais informações, acesse www.samsung.com.br ou https://shop.samsung.com/br

 

SM-A710F_001_Front_BlackSamsung Galaxy A7
Especificações técnicas:
Galaxy A7
Rede
LTE
Tela
5.5 polegadas Full HD (1920×1080) Super AMOLED
Processador
1.6GHz Octa Core – Samsung Exynos 7580
Sistema Operacional
Android 5.1 (Lollipop)
Câmera
Traseira 13MP OIS (F1.9), Frontal: 5MP (F1.9)
Recursos adicionais
Samsung Pay, Samsung KNOX, S-Voice, Dual SIM

Conectividade
Wi-Fi 802.11 a/b/g/n, Bluetooth® v 4.1, USB 2.0,
NFC
Sensor
Acelerômetro, Proximidade, Geomagnético, Luminosidade, Leitor de impressão digital
Memória
3GB RAM + 16GB de Armazenamento
Suporte a cartão Micro SD (disponível até 128GB)
Dimensão
151.5 x 74.1 x 7.3mm, 172g
Bateria
3,300mAh, Carregamento Rápido

A5 2016 - RPerspective - Gold - A510Samsung Galaxy A5
Especificações técnicas:
Galaxy A5 (2016)
Rede
LTE
Tela
5.2-polegadas Full HD (1920×1080) Super AMOLED
Processador
1.6GHz Octa Core – Samsung Exynos 7580
Sistema Operacional
Android 5.1 (Lollipop)
Câmera
Traseira 13MP OIS (F1.9), Frontal 5MP (F1.9)
Recursos adicionais
Samsung Pay, Samsung KNOX, S-Voice, Dual SIM

Conectividade
Wi-Fi 802.11 a/b/g/n, Bluetooth® v 4.1, USB 2.0,
NFC
Sensor
Acelerômetro, Proximidade, Geomagnético, Luminosidade, Leitor de impressão digital
Memória
2GB RAM + 16GB de Armazenamento
Suporte a cartão Micro SD (disponível até 128GB)
Dimensão
144.8 x 71.0 x 7.3mm , 155g
Bateria
2,900mAh, Carregamento Rápido

Sobre a Samsung Electronics Co., Ltd.
A Samsung Electronics Co., Ltd. inspira o mundo e molda o futuro com ideias e tecnologias transformadoras que redefinem os mundos das TVs, smartphones, dispositivos vestíveis, tablets, câmeras, aparelhos digitais, impressoras, equipamentos médicos, sistemas de rede e soluções de semicondutores e LED. Nós também lideramos o espaço de Internet das Coisas com a plataforma aberta SmartThings, a nossa ampla gama de dispositivos inteligentes, e através de colaboração proativa entre indústrias. Nós empregamos 319.000 pessoas em 84 países, e registramos vendas anuais de US $ 196 bilhões.

Fonte: Samsung